Publication:

Epoca - 2021-05-31

Data:

A ESTRADA À NOSSA FRENTE

DOS EDITORES

No dia 25 de maio de 1998, chegava às bancas o primeiro exemplar de ÉPOCA. Na capa a chamada era “Um futuro melhor”, uma reportagem sobre as expectativas dos brasileiros. No final dos anos 1990, o Brasil não fazia muito tinha dominado a inflação galopante, que atormentava a vida de trabalhadores e empresários e tornava o país motivo de piada no exterior. A Constituição Federal tinha apenas dez anos. De lá para cá, ÉPOCA registrou os avanços que conquistamos conjuntamente. O mais valioso deles foi a passagem de poder de um presidente eleito livremente para outro, sem nenhum tipo de sobressalto. Na área econômica, aprovamos a Lei de Responsabilidade Fiscal, adotamos o câmbio flutuante e o regime de metas de inflação. Na educação, vimos a universalização do ensino fundamental e o surgimento de indicadores para avaliar a aprendizagem dos alunos. Na área social, houve a criação e o aperfeiçoamento de políticas de transferência de renda. Do ponto de vista institucional, o Supremo Tribunal Federal (STF) se fortaleceu. No campo do comportamento, aumentou o combate ao racismo e vimos crescer o respeito a minorias, como a comunidade LGBTQ+. O Brasil poderia e deveria ter avançado mais? Sem dúvida. Houve muitos erros nesse período? Muito além do desejável, como também noticiou ÉPOCA. Mas tivemos vitórias duradouras, como demonstram os exemplos citados acima — entre muitos outros. Passados exatos 23 anos desde a estreia nas bancas, ÉPOCA traz um pacote de artigos e entrevistas sobre o futuro. Para analisar os desafios do Brasil e do mundo, a revista convidou Eduardo Giannetti, economista e cientista social formado pela Universidade de São Paulo com doutorado em economia pela Universidade de Cambridge; Larry Diamond, professor de ciência política da Universidade Stanford; Joaquim Levy, diretor de Estratégia Econômica no Banco Safra e ex-ministro da Fazenda; Niall Ferguson, historiador escocês vinculado às universidades Stanford e Harvard; e Pedro Doria, autor de livros sobre tecnologia e colunista de O GLOBO. Em larga medida, esta edição também é uma prova das mudanças tecnológicas e de costumes atualmente em curso. Marca o último número impresso de ÉPOCA. A partir deste 28 de maio, a revista seguirá tendo seu conteúdo veiculado na internet e ele passará a ser publicado nas páginas do jornal O GLOBO. Será ali que o leitor continuará a ler duas de suas seções prediletas, o Concordamos em Discordar e o Vivi para Contar, além de reportagens de fôlego preparadas periodicamente pelo mesmo competente time de repórteres e editores. Será na plataforma do principal jornal do país que você vai acompanhar os fatos e análises marcantes deste mundo em transformação. Sempre com os pés na realidade, para que possamos planejar e construir, conjuntamente, novas vitórias — apontando e mitigando os erros do caminho.

Images:

© PressReader. All rights reserved.